Dizemos que a concentração de uma solução é a relação entre a quantidade de soluto e a quantidade de solução ou de solvente.

  • Dizemos que a concentração de uma solução é a relação entre a quantidade de soluto e a quantidade de solução ou de solvente.

  • Sendo que essas quantidades podem ser representadas em: massas, volumes, número de mols, número de equivalentes. 

Razão entre a massa e o volume de uma substância

  • Razão entre a massa e o volume de uma substância

1. 630 cm3 de uma solução aquosa foram preparados pela adição de uma certa massa de NaOH a 600 cm3 de água. Qual a massa de soluto presente nesta solução? Dados:

  • 1. 630 cm3 de uma solução aquosa foram preparados pela adição de uma certa massa de NaOH a 600 cm3 de água. Qual a massa de soluto presente nesta solução? Dados:

  • densidade da solução = 1,2 g/cm3

  • densidade da água = 1,0 g/cm3

  • 2. Calcule em que volume de água devem ser dissolvidos 20,0 g de H2SO4 para se obter 100 ml de solução de densidade igual a 1,1 g/mL.

3. Um laboratorista deseja verificar a densidade de uma certa solução. Com auxílio de uma pipeta, ele retira 30 mL desta solução e verifica que a amostra tem massa igual a 45 g. Pergunta-se:

  • 3. Um laboratorista deseja verificar a densidade de uma certa solução. Com auxílio de uma pipeta, ele retira 30 mL desta solução e verifica que a amostra tem massa igual a 45 g. Pergunta-se:

  • a) Qual a densidade da solução?

  • b) Qual a massa da solução contida num volume de 5,0 mL?

  • c) Qual o volume da solução cuja massa é igual a 90 g?

É a relação entre a massa do soluto e o volume da solução. 

  • É a relação entre a massa do soluto e o volume da solução. 

  • Dizemos que é um tipo de concentração comum porque o volume da solução pode ser medido com facilidade, e sabendo o valor da concentração temos, imediatamente, a massa do soluto. 

  • Para a massa do soluto e para o volume da solução não são estabelecidas unidades obrigatórias, embora na prática, usa-se normalmente massa em gramas e volume em litros.

4. Calcule a concentração, em g/L, de uma solução obtida dissolvendo-se 20 g de cloreto de sódio em 500 cm3 de água.

  • 4. Calcule a concentração, em g/L, de uma solução obtida dissolvendo-se 20 g de cloreto de sódio em 500 cm3 de água.

  • 5. Calcule a concentração, em g/L, de uma solução obtida quando se dissolvem 44,8 litros de gás carbónico (CO2), medidos nas CNTP, em 2 litros de água.

  • 6. (PUCCAMP - SP) - Evapora-se totalmente o solvente de 250 mL de uma solução aquosa de MgCl2 de concentração comum 8,0 g/L. Quantos gramas de MgCÍ2 são obtidos?

7. Como você faria para preparar 1 L de solução aquosa de NaOH, cuja concentração é igual a 30 g/L, sabendo que tem à sua disposição 40 g de soluto e 5,0 litros de solvente? Descreva o procedimento para preparar a solução desejada.

  • 7. Como você faria para preparar 1 L de solução aquosa de NaOH, cuja concentração é igual a 30 g/L, sabendo que tem à sua disposição 40 g de soluto e 5,0 litros de solvente? Descreva o procedimento para preparar a solução desejada.

Considere a seguinte solução:

  • Considere a seguinte solução:

  • 20 g de sacarose + 80 g de H2O

  • 100 g de solução

  • Observe que, em 100 g de solução, temos 20 g de soluto, ou que, para cada 1 g de solução, temos 0,2 g de soluto. Portanto, a relação entre a massa do soluto e a massa da solu­ção é igual a 0,2. Esta relação é denominada título da solução e é representada pela letra grega ζ (tau).

Podemos, então, dizer que:

  • Podemos, então, dizer que:

  • Título de uma solução ê a relação (quociente) entre a massa do soluto (ms) e a massa da solução (m).

  • Ou Título de uma solução é a massa de soluto contida em 1 g de solução.

  • T = ms ou T = ms

  • m ms + msv

8. Um estudante necessita preparar uma solução aquosa de KOH a 30% em massa. Este estudante utilizou 80 g da base dissolvida em 320 g de água. Justifique, através de cálculos, se o estudante agiu de maneira correta.

  • 8. Um estudante necessita preparar uma solução aquosa de KOH a 30% em massa. Este estudante utilizou 80 g da base dissolvida em 320 g de água. Justifique, através de cálculos, se o estudante agiu de maneira correta.

  • 9. Calcule as massas de NaOH e de água contidas em 320 g de uma solução cujo título em massa é igual a 20%.

  • 10. 4,0 g de iodo são dissolvidos em 32 mL de tetracloreto de carbono. Determine o título desta solução, sabendo-se que a densidade do tetracloreto de carbono (CCÍ4) é igual a 1,25 g/m L.

Estabelecendo a relação entre estas duas grandezas, temos:

  • Estabelecendo a relação entre estas duas grandezas, temos:

  • C= ms => ms = C.v T = ms => ms = T.m

  • v m

  • C.v = T.m => C = T. m => C = T.d

  • v

  • Portanto, a concentração comum de uma solução pode ser obtida multiplicando-se o seu título pela sua densidade. Como o título não tem unidade, a concentração comum e a densidade devem ser expressas na mesma unidade.

  • Pode acontecer de um exercício pedir a concentração comum em gramas por litro (g/L) e fornecer a densidade em gramas por mililitro (g/mL) ou gramas por centímetros cúbicos (g/cm3). Neste caso, você deve fazer a conversão de unidade, bastando para isto que multiplique o produto T. d por 1 000. Desta maneira, a fórmula anterior fica:

  • C=1 OOO.T.d

11. Uma solução é preparada dissolvendo-se 80 g de NaNO3 em água. Sabendo-se que a concentração desta solução é 200 g/L e que sua massa é igual a 460 g, determine a sua densidade.

  • 11. Uma solução é preparada dissolvendo-se 80 g de NaNO3 em água. Sabendo-se que a concentração desta solução é 200 g/L e que sua massa é igual a 460 g, determine a sua densidade.

Comentários