Aquicultura no Brasil - O Desafio é Crescer

Aquicultura no Brasil - O Desafio é Crescer

(Parte 1 de 9)

Brasília 2008

Direitos Reservados desta Edição: Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO)

Ministro da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca da Presidência da República Altemir Gregolin

Secretário Adjunto Dirceu Lopes Silva

Chefe de Gabinete Cleberson Carneiro Zavaski

Subsecretário de Planejamento da Aqüicultura e Pesca José Claudenor Vermohlen

Subsecretário de Desenvolvimento da Aqüicultura e Pesca Karim Bacha

Assessora Especial Sheila Oliveira

Coordenador Nacional do Projeto José Rodolfo Rangel

Representante da FAO no Brasil José Tubino

Development Planning Service (FIPP) Angel Gumy

Regional Office for Latin America and the Caribbean (RLCI) Francisco Pereira

Regional Office for Latin America and the Caribbean (RLCI) Tomas Lambert

Program Coordination Unit (FIPD) Gertjan DeGraaf

Fishery Information, Data and Statistics Unit (FIDI) Richard Grainger

Development Law Service (LEGN) Maria Lalaguna

Marine Resources Service (FIRM) Jorge Csirke

Inland Water Resources and Aquaculture Service (FIRI) Doris Soto

Consultor Nacional Principal de Aqüicultura e Pesca - FAO Brasil José Roberto Borghetti

Consultora Nacional Desenvolv. Institucional/Estruturas Anna Karina Boszczowski

Estatística da Aqüicultura e Pesca Dante Capezzani e Enrique Movelon

Legislação da Aqüicultura e Pesca José Juste e Ana Silvia Silvino

Aqüicultura Carlos Wurmann Gotfrit

Márcio Roberto Pie (Tradução), Felipe Matias e Carlos Eduardo Martins Proença (Revisores Técnicos), Hilton Osório Torres (Capa), Ana Rita Barzick Nogueira, Maria Laura Zocolotti e Norma Consuelo Fornazari (Projeto Gráfico e Diagramação)

Diretor de Aqüicultura Felipe Matias

Coordenador Geral de Maricultura Felipe Suplicy

Coordenador Geral de Aqüicultura Continental Marcelo Sampaio

Coordenador Geral de Ordenamento, Registro, Cadastro e Licença Sebastião Saldanha Neto

Assessoria Técnica Carlos Eduardo Martins Proença, Wilibaldo Brás Sallum Jean Franco Schmitt, Antonio Elias, Mauro Moura

Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação A F I

Editores Antonio Ostrensky, José Roberto Borghetti e Doris Soto

Autores de Capítulos

Antonio Ostrensky, Débora Pestana, Gisela Geraldine Castilho, José Roberto Borghetti, Leandro Ângelo Pereira, Marcelo Chammas, Márcio Roberto Pie, Nádia Rita Boscardin, Robert Willian Pilchowski, Ubiratã Assis Teixeira da Silva, Walter Antonio Boeger

Luiz Inácio Lula da Silva Presidente da República Federativa do Brasil

A656Aqüicultura no Brasil: o desafio é crescer / editores : Antonio Ostrensky,

José Roberto Borghetti e Doris Soto. – Brasília, 2008. 276 p. : il.

ISBN: 978-85-60930-0-5 Inclui bibliografia

1. Aqüicultura - Brasil 2. Aqüicultura sustentável. 3. Produção aqüícola. I. Título. I. Ostrensky, Antonio. II. Borghetti, José Roberto. IV. Soto, Doris

CDD 639.80981 CDU 639.3/.6(81)

AQÜICULTURA NO BRASIL: o desafio é crescer5

AgradecimentosAgradecimentosAgradecimentosAgradecimentosAgradecimentos

Esta é uma obra feita a muitas cabeças e também a alguns pares de mãos. Pessoas que com suas idéias, sugestões e opiniões ajudaram na concepção deste livro. Outras, que arregaçaram as mangas e enfiaram as mãos na massa para nos ajudar a construí-lo. A todas elas manifestamos nossos sinceros agradecimentos.

Em primeiro lugar, agradecemos à FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), na pessoa do seu representante no Brasil, José Tubino e também na de Angel Gumy - Development Planning Service (FIPP), Francisco Pereira - Regional Office for Latin America and the Caribbean (RLCI), Gertjan DeGraaf - Program Coordination Unit (FIPD), Richard Grainger - Fishery Information, Data and Statistics Unit (FIDI), Maria Lalaguna - Development Law Service (LEGN), Jorge Csirke - Marine Resources Service (FIRM). A FAO acreditou no trabalho do Grupo Integrado de Aqüicultura e Estudos Ambientais e, através de seu apoio financeiro, garantiu a realização do trabalho que deu origem a este livro.

Não menos importante foi o apoio da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca (SEAP-PR), que, sempre que solicitada, facultou-nos o acesso às informações necessárias. Por isso, agradecemos a Altemir Gregolin - Ministro da SEAP-PR e ao ex-ministro José Fritsch, a José Rodolfo Rangel - Coordenador Nacional do Projeto, Dirceu Silva Lopes - Secretário Adjunto da SEAP-PR - Institucional e Estrutura da SEAP-PR, Cezer Luiz Cerutti - Secretário Adjunto da SEAP-PR - Institucional e Estrutura da SEAP-PR, Davi Lourenço - secretário de Planejamento - Institucional e Estrutura da SEAP-PR, Cleberson Carneiro Zavaski - secretário de Planejamento - Institucional e Estrutura da SEAP-PR, Felipe Matias - Diretor de Desenvolvimento de Aqüicultura, Felipe Suplicy e Rui Donizete Teixeira - Coordenação de Maricultura, Marcelo Sampaio - Coordenação de Aqüicultura Continental, Sebastião Saldanha Neto - Coordenador Geral da COREG - Legislação Pesqueira, Carlos Eduardo Martins Proença - Diretoria de Aqüicultura - Legislação Aqüícola, Wilibaldo Brás Sallum - Diretoria de Aqüicultura - Aqüicultura Continental, Jean Franco Schmitt - Diretoria de Aqüicultura - Maricultura, Antonio Elias - Gerência de Extensão Pesqueira, Mauro Moura - Assessor Técnico da Coordenação Geral de Informações e Estatística.

O trabalho também só pode ser realizado pela colaboração do IBAMA, a quem manifestamos nossos agradecimentos na figura de Rômulo José Fernandes Barreto Mello, José Dias, Geovânio Milton de Oliveira, Samuel Nélio Bezerra e Simão Marrul Filho.

Agradecemos à Bahia Pesca, na figura de seu Diretor presidente Aderbal de Castro e de seus técnicos, Gitonilson Tosta e Marcos Rocha, a Ricardo Borges, George Santana da Hora, Roberto Carlos Barieri Jr., Sérgio Tamassia, Jorge de Matos Casaca, Wilson Wasieleski Jr. e Paulo Vicente Costa, pessoas que se dedicam ao desenvolvimento da aqüicultura brasileira, como por terem nos cedido algumas das imagens do seu trabalho, que foram aqui utilizadas para ilustração deste livro.

Não poderíamos deixar de agradecer também àqueles que dedicaram um pouco do seu tempo para responder aos questionários enviados aos representantes dos mais diversos segmentos da cadeia produtiva da aqüicultura brasileira. Obrigado a Associação Brasileira de Engenheiros de Aqüicultura (ABEAQUI), Adolfo Jatobá, Adriano Weidner Cacciatori Marenzi, Alex S. Du Mont, Álvaro Graeff, Ana Paula Ribeiro Costa, Associação Jovens Criadores de Peixes, Carlindo Pinto Filho, Constantino Pedro de Alcântara Neto, Diego Mendes Baggio, Dioniso de Souza Sampaio, Eduardo Pickler Schulter, Elpidio Beltrame, Estevam Ferreira da Costa, Fábio Rosa Sussel, Fabrício Flores Nunes, Fausto Fontana, Flavio Boscatto, George Shigueki Yasui, Hênio do Nascimento Melo Júnior, Humberto Zontini Malheiros, Ismar Aquicultura Ltda, Jaime Fernando ferreira, Jennifer Mattedi Gobbi, Jairo Paes Barreto, João Batista Kochenborger Fernandes, João Bosco Rozas Rodrigues, João Sérgio Oliveira Carvalho, José Bernardino Sobrinho,

6Antonio Ostrensky | José Roberto Borghetti | Doris Soto

Jose Ernesto da Silva Medeiros, José Inácio da silva, Kleiber Ponte Mourão, Luciano Jensen Vaz, Luis Roberto, Luiz Eduardo Guimarães de Sá Barreto, Luiz Paixão Silva Oliveira, Luiz Roberto Mendes de Moraes, Marcia Regina Stech, Marconyel Azevedo Leite, Maria Luiza Toschi Maciel, Marília Oetterer, Mauricio Rosa, Miguel Ângelo Rodrigues, Newton Castagnolli, Rafael Astéris Kroth, Rafael Salum de Oliveira, Roberto Vicente Ferreira de Carvalho, Rodrigo Zanolo, Sergio Tamassia, Thales Pires Ribeiro, Tiago de Moraes Lenz, Tilápia do Brasil Pescados de Aqüicultura Ltda, Tito Carvalho Tsuji, Vitor de Almeida Pontinha, Wilson Joaquim Boitrago, Wilton Ribeiro Pinho.

Registramos também nossos agradecimentos ao trabalho da Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná (FUPEF), pela administração financeira do projeto FAO/TCP/BRA/3001, que deu origem ao presente livro.

Deixamos ainda nosso agradecimento especial e o nosso reconhecimento ao trabalho, ao apoio e à amizade de Jomar Carvalho Filho, editor da Revista Panorama da Aqüicultura. Além de fonte de informações e de ter disponibilizado parte das fotos aqui utilizadas, Jomar nos possibilitou a utilização da Lista de Discussão da Panorama (Panorama-L) para a identificação dos principais problemas que afetam a aqüicultura brasileira atualmente. Certamente devemos a ele, Jomar, parte significativa do trabalho aqui apresentado.

(Parte 1 de 9)

Comentários