Livro - Manual de Normas e Rotinas de Procedimentos para a Enfermagem

Livro - Manual de Normas e Rotinas de Procedimentos para a Enfermagem

(Parte 6 de 6)

EXECUTANTES: Enfermeiro, Técnicos e Auxiliares de enfermagem.

MATERIAIS: 1. Imunobiológicos. 2. Seringas e agulhas. 3. Bandeja de inox. 4. Cartão de vacina. 5. Cartão espelho. 6. Carimbo. 7. Mapa diário de doses aplicadas.

DESCRIÇÃO DO PROCEDIMENTO: 1. Receber o cliente na sala de vacinas. 2. Orientar o cliente sobre a vacina a ser administrada e a importância da mesma. 3. Verificar se o cliente não encontra em situação de adiamento da vacinação. 4. Informar sobre os eventos adversos mais comuns, orientando retorno na

Unidade sempre que necessário. 5. Orientar quanto a não utilização de pomadas ou compressas no local da aplicação. 6. Registrar a vacina administrada, nº de lote, no cartão do cliente e cartão espelho, assinar com letra legível. 7. Lavar as mãos. 8. Executar técnica asséptica em todo o procedimento. 9. Assegurar-se de que a temperatura da vacina e diluente estejam adequadas. 10. Verificar o prazo de validade da vacina e tempo de uso recomendado, após a diluição da vacina. 1. Observar a dosagem recomendada pelo Laboratório produtor da vacina em questão. 12. Respeitar o local de aplicação, segundo faixa etária. 13. Lave com água e sabão, o local da aplicação, caso o mesmo não apresente boas condições de higiene. 14. Solicite que a mãe ou responsável segure a criança de forma adequada, garantindo uma imobilização segura. 15. Atentar para a relação entre o ângulo de aplicação e agulha adequada, levando em consideração a quantidade de massa muscular do cliente a ser vacinado. 16. Administrar lentamente o líquido da vacina. 17. Não massagear o local da aplicação. Fazer apenas leve compressão com algodão seco. 18. Ao realizar aplicações simultâneas, identifique, no cartão do cliente e cartão espelho, o local de aplicação de cada vacina. 19. Não retire a agulha da seringa no momento do descarte.

(Parte 6 de 6)

Comentários