(Parte 1 de 6)

2ª edição revista e atualizada

P I R A C I C A B A 1997

Flávio Fava de Moraes

Reitor

Miriam Krasilchik

Vice-Reitora

Adolpho José Melfi Pró-Reitor de Pós-Graduação

Valdemar Antonio Demétrio Prefeito

Evaristo Marzabal Neves

Diretor Antonio Roque Dechen

Vice-Diretor

Natal Antonio Vello

Presidente José Djair Vendramim

Vice-Presodente

Paulo Roberto de Camargo e Castro

Francisco Antonio Monteiro

Lilian Amorin Marcos Milan

Paulo Sérgio R. de Araújo Representante Discente

Janeti Lourdes Bombini de Moura

Diretora Técnica Sonia Corrêa da Rocha

Diretora Técnica – Serviço de Atendimento ao Usuário

Maria Angela de Toledo Leme Diretora Técnica – Serviço de Formação e Processamento Técnico do Acervo

2ª edição revista e atualizada

Sonia Corrêa da Rocha Eliana Maria Garcia Sabino Kátia Maria de Andrade Ferraz Paulo Roberto de Camargo e Castro Valdomiro Shiguero Miyada Maria Cristina Stolf Nogueira Ricardo Victoria Filho Francisco Antonio Monteiro Antonio Natal Gonçalves Natal Antonio Vello José Djair Vendramim

CAPA E IMPRESSÃO Diretoria de Serviços Auxiliares do Campus “Luiz de Queiroz”

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) DIVISÃO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO – Campus “Luiz de Queiroz”/USP

Normas para elaboração de dissertações e teses. - - 2.ed., ver., atual. / por
Sonia Corrêa da Rocha et al. - - Piracicaba: ESALQ, 1997.
94 p.

Escola Supeiror de Agricultura Luiz de Queiroz (Piracicaba, SP)

CDD 8.08.066

Norma. 2. Tese I. Rocha, Sonia Corrêa da I. Título

USP - Campus "Luiz de Queiroz"USP – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” DIVISÃO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃOSERVIÇO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Av. Pádua Dias, 1Av. Pádua Dias, 1 Caixa Postal 9Caixa Postal 9 13418-900 - Piracicaba, SP13418-900 - Piracicaba, SP e-mail: biblio@esalq.usp.br e-mail: pos-grad@esalq..usp.br http://dibd.esalq.usp.br http://www.esalq.usp.br

A revisão de Normas para Elaboração de Dissertações e Teses, editada em 1987, se fez necessária em face da alteração da NB-6023/86 - Referências Bibliográficas apresentada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e da disponibilidade dos modernos recursos de editoração eletrônica.

A atualização da publicação foi solicitada pela Comissão de Pós-Graduação à

Divisão de Biblioteca e Documentação e elaborada pelas bibliotecárias Sonia Corrêa da Rocha, Eliana Maria Garcia Sabino e Kátia Maria de Andrade Ferraz. A revisão final foi feita pela Comissão de Pós-Graduação, com colaboração especial dos Professores Doutores Paulo Roberto de Camargo e Castro, Valdomiro Shigueru Miyada, Antonio Natal Gonçalves, Natal Antonio Vello e José Djair Vendramim.

Com base nas tendências internacionais recentes, também foi feita uma atualização no que se refere às formas de apresentação. Assim, o Pós-Graduando poderá escolher entre duas formas de apresentação: 1) forma tradicional, atualizada basicamente para os itens de citações e referências bibliográficas, além da apresentação de um trabalho completo enviado para uma revista científica; 2) forma de publicação, pela qual será possível apresentar capítulos redigidos como trabalhos científicos completos enviados para publicação e/ou publicados.

A aprovação desta 2ª edição ocorreu na 301ª Reunião da Comissão de Pós-

Graduação, realizada em 04 de novembro de 1996, para servir como diretriz na elaboração das dissertações e teses dos cursos de Mestrado e Doutorado oferecidos pela ESALQ, a partir de 1º de maio de 1997.

Natal AntonioVelloJaneti Lourdes Bombini de Moura
PresidenteDiretora Técnica

Comissão de Pós-Graduação Divisão de Biblioteca e Documentação

1 INTRODUÇÃO1
2 PLANO DE DISSERTAÇÃO OU TESE3
3 DISSERTAÇÃO OU TESE: ESTRUTURA5
3.1 Parte pré-textual5
3.1.1 Capa5
3.1.2 Folha de rosto5
3.1.2.1 Título6
3.1.2.2 Ficha catalográfica6
3.1.3 Folha de aprovação6
3.1.4 Dedicatória7
3.1.5 Agradecimentos7
3.1.6 Sumário7
3.1.7 Lista de figuras7
3.1.8 Lista de tabelas8
3.1.9Lista de siglas, abreviaturas e símbolos8
3.1.10 Curriculum vitae8
3.1.1 Resumo8
3.1.12Summary e resumo em outro idioma9
3.2 Parte textual9
A. Forma de Publicação .................................................... 9
B. Forma Tradicional ........................................................ 10

SUMÁRIO 3.2.1Introdução................................................................... 1

3.2.3Metodologia ou material e métodos13
3.2.4 Resultados13
3.2.5 Discussão14
3.2.6 Conclusões14
3.3 Parte pós-textual15
3.3.1 Anexos15
3.3.2 Referências bibliográficas15
3.3.3 Apêndices15
4 PREPARO DO ORIGINAL E REPRODUÇÃO17
4.1 Generalidades17
4.2 Papel17
4.3 Margens18
4.4 Numeração das páginas18
4.5 Capítulos e subdivisões18
4.6 Siglas, abreviaturas e símbolos19
4.7 Equações e fórmulas19
4.8 Figuras e tabelas20
4.8.1 Figuras20
4.8.2 Tabelas23
Anexo:MODELOS................................................................. 25
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS57
BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA58

Apêndice 2: CITAÇÃO NO TEXTO..............................................85 Apêndice 2: CITAÇÃO NO TEXTO..............................................85

A1 Plano de Dissertação/Tese (Capa)27
A2 Plano de Dissertação/Tese (Parte Final)29
A3 Capa de Dissertação31
A4 Capa de Tese3
A5 Folha de Rosto de Dissertação35
A6 Ficha Catalográfica de Dissertação37
A7 Folha de Rosto de Tese39
A8 Ficha Catalográfica de Tese41
A9 Folha de Aprovação43
A10 Sumário45
A11 Listas de Figuras47
A12 Listas de Tabelas49
A13 Resumo51
A14 Summary53

Página A15 Folha Guia para Apresentação do Texto ................................................................ 5

DISSERTAÇÃO é uma monografia, onde o autor apresenta as informações disponíveis, procurando dar uma idéia, a mais completa possível, do estado atual dos conhecimentos sobre o assunto escolhido. Tópicos controvertidos, juntamente com discussões e sugestões, devem ser incluídos. O autor deverá conduzir uma pesquisa, sobre a qual será baseada a dissertação.

TESE é uma monografia, onde o autor defende certas proposições ou pontos de vista próprios. Tais proposições ou pontos de vista devem ser oriundos de um trabalho original de pesquisa. O autor deve apresentar as informações disponíveis sobre o assunto, bem como a metodologia utilizada na sua pesquisa, dando ao leitor elementos para julgar a validade e a fidedignidade das conclusões obtidas.

Em ambos os casos deve-se realçar, sempre que couber, o levantamento claro das hipóteses de trabalho.

A Dissertação ou Tese deve ser escrita com um tratamento objetivo e impessoal, preferivelmente na terceira pessoa do singular, evitando-se referência pessoal. Deve ser mantida a uniformidade de tratamento em todo o trabalho, evitando-se as expressões meu trabalho, nosso trabalho ou eu.

É importante que haja consistência na apresentação, mantendo-se um padrão uniforme em todas as fases da dissertação ou tese. Deve ser adotado o Sistema Internacional de Unidades, utilizando-se as abreviaturas convencionais e as mesmas unidades na redação do trabalho. Assim, se numa parte do trabalho, uma grandeza (por exemplo: altura da planta) for avaliada em metros, essa mesma unidade deverá ser adotada em todo o trabalho, quando se referir àquela grandeza.

A objetividade e a clareza são características dos trabalhos científicos. Isto é facilmente conseguido empregando-se frases curtas, que incluam apenas um pensamento. Por outro lado, frases que tratem de um mesmo aspecto devem ser reunidas em um único parágrafo, evitando-se parágrafos constituídos por uma frase. Devem ser evitadas também, expressões vagas como parece ser, produção alta (ou baixa) e outras que não transmitam idéia real do fenômeno descrito.

Antes de iniciar a pesquisa para a Dissertação ou Tese é interessante que o candidato leia algumas publicações sobre metodologia do trabalho científico, pois tal literatura esclarecerá muitos pontos sobre a condução da pesquisa científica, permitindo maior agilidade dos trabalhos (ver BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA).

A apresentação da dissertação ou tese poderá ser feita na forma tradicional ou na forma de publicação.

No início do programa de estudos, de comum acordo com o Orientador, o aluno regularmente matriculado nos cursos de pós-graduação escolhe o tema para o trabalho de Dissertação ou Tese. Deve então elaborar o Plano de Dissertação ou Tese, que será submetido à apreciação do Orientador e encaminhado, sucessivamente, ao respectivo Conselho de Curso, para aprovação, e à Comissão de Pós-Graduação (CPG) da ESALQ, para fins de registro.

O Plano de Dissertação ou Tese deve conter as seguintes partes:

- Capa - Introdução

(Parte 1 de 6)

Comentários